Facebook Pixel O TikTok é seguro para crianças?

Redes Sociais

TikTok é seguro para crianças? 6 fatos que todos pais precisam saber

Com mais de 1 bilhão de usuários ativos, o TikTok é a rede social mais popular entre os jovens. O que desperta tamanha obsessão por esta rede é a pergunta que muitos pais estão se fazendo. Você também é um deles? Nós te explicamos o que é, como funciona, porque pode se tornar um problema - e como você pode ensinar seu filho a usá-lo de forma responsável e saudável.

Stefanie Parth
04/11/2022 • 11 min
sombra de uma mão segurando celular com a logo do TikTok no centro

O que é o TikTok e como ele funciona?

O TikTok é um aplicativo de rede social gratuito que serve para assistir, criar e compartilhar vídeos curtos. Ele começou como Musical.ly focado apenas na criação e compartilhamento de vídeos de sincronização labial, mas agora também hospeda os mais diversos tipos de vídeos produzidos por criadores de conteúdo ao redor do mundo. A maioria dos vídeos usam músicas populares em alta e, em sua maioria, tem apenas alguns segundos de duração.

Atualmente, crianças entre 5 e 15 anos passam em média 91 minutos diários no TikTok. Assumindo que a média dos vídeos é de 15 segundos, seu filho percorre mais de 360 vídeos - todos os dias. Assustador, não é mesmo?!

Como funciona o algoritmo do TikTok?

A área principal do aplicativo é chamada "Para Você" onde mostra vídeos baseados nas informações coletadas a partir do seu engajamento e preferências definidas ao criar o perfil. Portanto, se você assistir a alguns vídeos sobre Free Fire até o final ou repetidas vezes, o TikTok vai entender que você está interessado neste conteúdo e mostrar mais vídeos semelhantes. Incrível? Sim, essa é a principal razão da alta popularidade do aplicativo.

Agora que você sabe como TikTok funciona, vamos responder a pergunta que não quer calar:

TikTok é seguro para seu filho?

A resposta é: depende.

A idade mínima para abrir uma conta no TikTok é 13 anos (que, por sinal, é a lei, portanto, deveríamos acatar). Nosso conselho sincero é que voce permita seu filho criar uma conta somente se ele tiver 13 anos ou mais, e se você acreditar que ele está emocionalmente preparado para lidar com esta rede.

Dito isto, também sabemos que há muitas crianças abaixo dos 13 anos no TikTok e, muito provavelmente, um amiguinho do seu filho também está por lá, o que pode levar você a ter infinitas discussões com seu filho sobre isso. Se este for o caso, talvez banir completamente seu filho do TikTok não seja a melhor ideia, porque ele provavelmente encontrará uma maneira de obter acesso sem que você saiba. Porém, o que você pode fazer é ajudá-lo a usar a rede com segurança.

Para isso, talvez você queira estar atento a estes 6 fatos.

1. Seu filho pode acessar facilmente o TikTok

É muito simples abrir uma conta no TikTok. Tudo o que seu filho precisa é um endereço de e-mail existente e ele terá acesso total à rede e poderá postar vídeos instantaneamente. Porém, é preciso ressaltar que seu filho não precisa sequer de uma conta para visualizar o conteúdo do TikTok. Se alguém enviar a seu filho um link para um vídeo no TikTok, ele facilmente poderá abrir e assistir no navegador, inclusive continuar assistindo outros vídeos.

O que fazer?

Para crianças a partir de 13 anos de idade: configurar corretamente sua conta. Baixe o TikTok no telefone do seu filho e crie uma conta para eles, digitando a data correta de nascimento. Isto é importante porque TikTok introduziu algumas configurações padrão baseadas na idade. Por exemplo, não há a possibilidade de estranhos comentarem ou enviarem mensagens para usuários menores de 16 anos, apenas "Amigos". Isto serve para evitar que desconhecidos envie mensagens privadas. Contas de usuários menores de 18 anos são definidas como privadas por padrão, portanto você tem que permitir ativamente que outros usuários o sigam para assistir aos vídeos.

Para crianças menores de 13 anos: sem mentir sobre a idade, não é possível criar uma conta para crianças pequenas. Uma alternativa é baixar o TikTok em seu telefone, criar uma conta pessoal para você e permitir que seu filho tenha acesso a rede apenas sob sua supervisão. É altamente recomendado que você monitore de perto os conteúdos que seu filho está vendo, e continue lendo as próximas dicas para entender como manter seu filho seguro nessa rede social!

2. Seu filho pode assistir conteúdos inapropriados

Nós mesmos já usamos o TikTok e podemos dizer que não vai demorar muito até que você se depare com um conteúdo que você não gostaria que seu filho visse. Ele pode ser exposto a termos explícitos em canções, conteúdo sexual ou violento e vídeos sobre temas sensíveis. TikTok também é conhecido por censurar conteúdo de minorias e pessoas de cor, e por espalhar informações errôneas. Por exemplo, um relatório recente descobriu que quase 1 em cada 5 dos vídeos sobre tópicos de notícias continha informações falsas.

Provavelmente as recorrentes críticas que o TikTok recebe por impactar negativamente a saúde mental e a autoestima das crianças não te surpreenda. Alguns vídeos no aplicativo distorcem a realidade, e as crianças, em particular, acreditam que as pessoas vivem uma vida perfeita e glamurosa, sem edição. Sabemos que não funciona assim. De qualquer maneira, isto leva a comparações negativas, e há preocupações de que o TikTok impacte negativamente a perceção de sua imagem corporal.

O que fazer?

Certifique-se de ativar o Modo Restrito, que supostamente filtra o conteúdo inadequado à idade. Você pode fazer isso em Menu > Configurações e privacidade > Preferências de conteúdo. Além disso, monitore seu filho regularmente, mostre interesse e assista a alguns vídeos juntos. Se surgir um vídeo inapropriado, converse sobre, explique por que ele é inapropriado e responda as perguntas que surgirem.

3. Seu filho pode se envolver em desafios perigosos

Embora a maioria dos desafios no TikTok sejam divertidos ou inofensivos como os de dança, alguns podem ser muito perigosos. Um desses desafios que ganhou muita popularidade é o chamado "desafio do blackout" que incentiva jovens a se estrangularem com cintos ou algo semelhante até desmaiarem. Este desafio absolutamente horrível supostamente matou sete crianças menores de 15 anos.

Infelizmente, este não é nem de longe, o único desafio extremamente perigoso que circula pelo TikTok. O fato alarmante é que seu filho nem precisa procurar por desafios como este, pois eles surgem espontaneamente na página inicial do aplicativo. seu filho pode facilmente engajar nestes desafios querendo impressionar seus amigos - ou até ser pressionado a participar por eles. 

O que fazer?

Converse a respeito e ressalte que desafios aparentemente inofensivos podem colocar a vida dele ou dos amigos em risco, e com certeza ele não quer que isto aconteça. Pergunte sobre os desafios que ele pretende participar e faça-o refletir:

  • Coloco minha vida em risco?
  • Posso ofender ou ferir fisicamente outras pessoas?
  • O que poderia dar errado?

Se a conclusão final for de que trata-se de um desafio inofensivo, lembre-se que o vídeo poderá ser visto por MUITAS pessoas. Será que vale a pena?

grupo de jovens gravando um desafio do TikTok

Enquanto os desafios mais populares do TikTok tratam-se de danças divertidas, alguns deles podem ser muito perigosos.

4. TikTok está coletando os dados de seu filho

Como qualquer outra rede social, o TikTok coleta informações sobre cada usuário para que seu algoritmo possa identificar os interesses pessoais de cada indivíduo e assim, direcionar vídeos com maior chance de identificação. Mas aparentemente, o TikTok vai além. A empresa é acusada de coletar ilegalmente dados de crianças menores de 13 anos - sem o consentimento de seus pais. Estes dados incluíam informações sobre a orientação sexual das crianças, suas crenças religiosas e políticas, bem como sua raça e estado de saúde. Considerando que 18 milhões de usuários só nos EUA têm 14 anos ou menos, você pode ver porque o TikTok tem um interesse particular no comportamento das crianças.

O que fazer?

Honestamente, nada. É assim que o TikTok trabalha, e todos que criam uma conta concordam com seus Termos e Serviços, permitindo a coleta de dados. Se você quiser descobrir o que o TikTok sabe sobre seu filho, vá em Perfil > toque no ícone de 3 linhas no canto superior direito > Configurações e privacidade > Baixe seus dados.

5. Seu filho pode ser alvo de predadores

Uma vez que você crie uma conta no TikTok, os usuários da rede podem acompanhar seu perfil, reagir a seus vídeos ou enviar mensagens privadas. Portanto, tenha em mente que pessoas com intenções maliciosas usam a rede para contatar crianças, pedindo o envio de fotos explícitas ou compartilhando links com vírus.

Infelizmente, há inúmeros artigos confirmando um número inimaginável de conteúdos de ódio nos comentários do TikTok. Saiba que seu filho, ao postar um vídeo na rede, poderá receber mensagens ofensivas e tornar-se uma vítima de cyberbullying. Isto pode ter efeitos duradouros em sua saúde mental.

O que fazer?

Verifique se a conta dele está configurada como privada, para que desconhecidos não possam enviar mensagens diretas ou ver o conteúdo produzido por ele. Sim, isto significa que não haverá possibilidade de um vídeo dele viralizar.

Para configurar, vá em Perfil > toque no ícone de 3 linhas no canto superior direito > Configurações e privacidade > privacidade > ative "Conta Privada". Recomendamos também que você dê uma olhada com atenção nas demais configurações de privacidade e as ajuste de acordo com suas preferências.

Explique a seu filho os motivos por trás das configurações de privacidade. Por que isso é importante? O que poderia acontecer se deixar a conta pública? Esclareça sobre os riscos potenciais, tais como cyberbullying, e reforce que ele poderá sempre recorrer a você para buscar ajuda.

6. TikTok pode prejudicar o desenvolvimento de seu filho

O TikTok é entretenimento. Crianças (e adultos!) vêem um vídeo ou dois, se perdem neles e BOOM! já se passou uma hora. Pense no que seu filho poderia estar fazendo nesse período! Brincar lá fora, ler um livro, fazer os deveres de casa, etc. O preocupante é como isso pode afetar o desenvolvimento cerebral de uma criança. Como a maioria dos vídeos são apenas segundos de duração, as crianças não conseguem aumentar sua capacidade de atenção. O que isso significa? Elas não conseguem treinar a concentração e focar em uma tarefa poderá ser algo inalcançável.

Desde o início da pandemia, registrou-se que um número grande de adolescentes desenvolveu um distúrbio de movimento. Após estudos, os especialistas descobriram o que a maioria desses jovens tinham em comum. Adivinhe o que era? Sim, o TikTok. Acontece que a maioria desses adolescentes, por terem assistido a muitos vídeos que mostravam pessoas com síndrome de Tourette, desenvolveram tiques semelhantes.

O que fazer?

Estabelecer um limite é fundamental. Como todos nós podemos cair no buraco infinito do TikTok e perder a noção do tempo assistindo vídeos, sugerimos que você introduza um limite de tempo a seu filho. Os limites de tempo da tela são uma ótima maneira de estabelecer uma rotina digital mais saudável.

Como estabelecer limites de tempo com Ohana

  1. Em seu dispositivo, vá para o perfil de seu filho na guia dos pais.
  2. Vá até Configurações e selecione Limites de tempo.
  3. Estabeleça um limite diário de tempo à sua preferência.
  4. Habilite Ativar limite de tempo de tela.
  5. Sempre que seu filho estiver no telefone, esta atividade contará para o limite de tempo.
  6. Uma vez que seu filho tenha atingido o limite de tempo, seu telefone passará automaticamente para o modo Restrito.

Dica: No modo Restrito e Concentração, você garante que o TikTok não estará acessível quando o dispositivo estiver nestas funções.

Recomendamos usar Ohana junto com o recurso de Sincronização Familiar do TikTok. A Sincronização Familiar permite vincular sua conta do TikTok à de seu filho. Desta forma, você poderá definir configurações de segurança no aparelho do seu filho a partir de seu telefone.

Como configurar a Sincronização Familiar no TikTok

  1. No aplicativo TikTok, vá para o Perfil na parte inferior.
  2. Toque no botão Menu na parte superior.
  3. Toque em Configurações e privacidade, depois toque em Sincronização Familiar.
  4. Selecione Pai ou Adolescente.
  5. Siga as etapas recomendadas pelo aplicativo para vincular as contas.

Acesse o guia oficial do TikTok para mais informações sobre a Sincronização Familiar.

Como bloquear o TikTok com Ohana

  1. A partir de seu dispositivo, vá para o perfil de seu filho na guia dos pais.
  2. Role para baixo até Configurações e selecione Aplicativos.
  3. Toque em Gerenciar aplicativos bloqueados.
  4. Vá até a categoria Social.
  5. Selecione TikTok e toque em Feito no canto superior direito.
  6. Está tudo pronto! O TikTok está agora bloqueado em todos as funções.

Como bloquear o site TikTok com Ohana

  1. A partir de seu dispositivo, vá para o perfil de seu filho na guia dos pais.
  2. Vá até Configurações e selecione Conteúdo da Web.
  3. Toque em Gerenciar sites.
  4. Toque no Ícone Mais ao lado dos Sites Bloqueados.
  5. Digite tiktok.com, pressione Adicionar e depois Salvar no canto superior direito.
  6. Está tudo pronto! O site do TikTok agora também estará bloqueado.
Loading...